Shape Shape 161110_icono_product_teaser icon-arrow-left icon-arrow-right icon-first icon-last 161110_icono_product_teaser 161110_icono_product_teaser location-pin 161110_icono_product_teaser 161110_icono_product_teaser contact-desktop-white careers-desktop-white

Infobanner Coronavirus DB Schenker

Informação aos Nossos Clientes perante a situação de crise causada pelo COVID-19 (CORONAVIRUS)

Estimado Cliente,

A DB Schenker frisa que o transporte de mercadorias e todas as atividades intermédias conexas, tais como terminais, armazéns, portos, aeroportos, terminais ferroviários continuam a ser asseguradas, tanto mais que fazem parte da cadeia de abastecimento, respeitando claro todas normas de segurança sanitária e de circulação impostas pelo Estado de Emergência.

Não obstante, a declaração de Pandemia Mundial em relação ao COVID-19 por parte da OMS, determinou que os Governos de diversos Países, incluindo o de Portugal, adotassem medidas severas e sem precedentes com a finalidade de evitar a propagação do vírus.

Tais medidas afetam de forma irremediável o mercado na sua globalidade, todos os modos de transporte, bem como a cadeia logística em geral, impondo limitações à capacidade de carga, quer em relação às companhias aéreas e marítimas, quer na frota, e outras restrições como controlos fronteiriços, atrasos, cancelamentos, inspeções, etc.

Apesar de todos os nossos esforços, não é possível controlar os efeitos do COVID-19 nos nossos serviços. Vimos explorando alternativas para cumprir com os nossos compromissos, procurando oferecer sempre e, apesar dos desafios, o melhor serviço aos nossos clientes.

Todavia, e tendo em conta as condições críticas do mercado e os desafios comerciais e operacionais decorrentes desta situação, alguns termos e condições contratuais, tais como níveis de serviço, tempos de trânsito, custos administrativos, fretes, tarifas, taxas e sobretaxas podem ver-se consideravelmente alterados por força desta conjuntura e de todas as circunstâncias absolutamente excecionais.

Assim, todas as situações decorrentes do COVID-19 e o seu impacto a nível mundial, são totalmente imprevisíveis e inevitáveis no que à prestação da Schenker diz respeito, pelo que o Cliente deverá aceitar sem condições suportar os custos adicionais que sejam causa de tais factos, como, mas não limitado a, demoras, atrasos, paralisações, alterações, cancelamentos, redução da capacidade de carga ou qualquer outra incidência ou interrupção na cadeia de fornecimento, que condicione, restrinja ou impeça a respetiva prestação de serviços, comprometendo-se o Cliente a isentar a Schenker de qualquer reclamação ou penalização decorrente de tais factos.



COVID-19 Informações ao cliente

Desde que o vírus COVID-19 se espalhou, expandimos as nossas atualizações sobre o COVID-19. Compilamos e agregamos fatos e números em todas as áreas de negócios e em todas as regiões. Continue a contactar os gestores de conta sobre os seus planos, preços e projeções mais recentes. Continuamos a fazer tudo o que podemos para apoiar os seus negócios.

Atualizações de mercado

  • Global

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

O Europe Land está totalmente operacional e disponível para negócios, fazendo a gestão de restrições e desafios em vários países. Ásia, com uma imagem heterogénea: a China está totalmente operacional e disponível para negócios, enquanto outros países enfrentam desafios ainda em operação. A ponte terrestre da Ásia (China para o Sudeste Asiático) está em plena operação, apesar do congestionamento na fronteira com a China e o Vietname. Índia com bloqueio também a afetar o fluxo de carga. As operações de terra nas América agora também mostram restrições, mas ainda estão a trabalhar perto do normal.

A Eurasia Landbridge (China - Trem da Europa) está a operar totalmente com volume duplo, comparando o Pré-COVID-19, a DB Schenker está agora a executar 7-8 blocos de comboio (41 FEU cada comboio) semanalmente, o comboio de velocidade é lançado desde 26 de março com 12 dias terminal a terminal tempo de trânsito China para a Alemanha, países nórdicos e 14 dias para a Itália.

(23 de junho de 2020)

As restrições que afetam direta ou indiretamente o transporte de mercadorias são amplamente levantadas num número crescente de países europeus. Para eventuais casos de condições disruptivas, seguimos os nossos planos de contingência predefinidos para garantir o fluxo de carga como seja possível.

Nas últimas semanas, suspendemos a garantia de devolução do dinheiro do nosso produto System Premium devido às circunstâncias imprevisíveis e voláteis. Temos o prazer de anunciar que, com efeitos imediatos, restabeleceremos a garantia de devolução do dinheiro para os envios do System Premium. Oferecer qualidade superior aos nossos clientes sempre foi e continuará a ser a nossa máxima prioridade - por esse motivo, a restauração da garantia de devolução do dinheiro foi para nós de extrema importância.

Com o aumento da atividade económica em muitos países europeus, estamos a adaptar as nossas ofertas de serviços de transporte diariamente às necessidades dos nossos clientes. Está a reiniciar ou expandir as suas atividades comerciais internacionais? A DB Schenker Land é o seu parceiro com a rede mais forte e resiliente em 38 países da Europa. Além disso, com os nossos canais digitais como o Connect4Land, oferecemos um ponto de entrada 24/7 nos nossos serviços de transporte, fácil de usar a partir de qualquer lugar e em qualquer momento: faça Clique. Envio. Feito.

Alguns recetores continuam a ter operações limitadas e solicitamos a todos os remetentes que verifiquem a possibilidade de entrega junto do destinatário, para evitar custos de armazenamento ou devolução de encomendas.

  • Ásia-Pacífico

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status operacional do comunicado anterior.

A Ásia está a emergir a diferentes níveis com o transporte de mercadorias por estrada nacional, a Asia Road International (Asia Landbridge) e o transporte ferroviário Ásia-Europa (Eurasia Landbridge).

Eurasia Landbridge

O Eurásia Landbridge está a duplicar o volume desde março de 2020, devido ao prazo de entrega fiável, mesmo durante a era COVID-19.

Os serviços incluem LCL, FCL, container único, comboio da empresa e serviço ferroviário em bloco semanal, tanto para este quanto para oeste. As sólidas redes e serviços rodoviários viáveis tanto na origem como no destino permitem serviços integrais sem interrupções.

O prazo de entrega do terminal a terminal é de 16-18 dias para oeste, 18-20 dias para este. Além disso, lançamos um comboio de alta velocidade Xian – Rostock, com um prazo de entrega de 12 dias, semanalmente.

Asia Landbridge

O Asia Landbridge também está a duplicar o volume desde março de 2020, com prazo de entrega e custo de envio muito atrativos.

O Asia Landbridge também suporta conexões aéreas e marítimas, entregando a carga ao gateway com capacidade mais próximo, fornecendo serviços de mudança de modo em trânsito quando o espaço aéreo do destino é restrito ou a capacidade aérea é limitada.

Os serviços FTL e LTL estão disponíveis no continente asiático, com saídas diárias para FTL, complementadas com nosso serviço LTL, que tem três saídas para sul e duas vezes por semana para norte.

Terra doméstica

Operando em 17 países da Ásia, os nossos volumes de operação regressaram ao normal. Estamos constantemente a adaptar os nossos serviços para permitir aos clientes satisfazer a procura em constante mudança do atual pico atividades irregulares; recentemente, desenvolvemos o processo de assinatura de POD contactless para acelerar a entrega segura de carga.

O tráfego de mercadorias transfronteiriço continua a ser uma forte alternativa ao setor de carga aérea, significativamente reduzido. As fronteiras da Ásia permanecem abertas para o transporte de mercadorias, com uma diminuição do congestionamento. Ainda é necessário que os motoristas sejam submetidos a controlos sanitários. A Europa recebe constantemente os nossos comboios regulares da China. Os serviços incluem comboios em bloco, FCL e LCL. A Tailândia está 90% de volta ao normal, com o toque de recolher obrigatório noturno eliminado no passado dia 15 de junho. A Índia permanece fechada, com o governo a alargar as restrições até 30 de junho. Taxas de transporte da Índia: a DB Schenker India pode providenciar serviços de escolta de segurança onde for necessário para movimentar a sua carga essencial e reduzir o tempo nos postos de controlo das estradas.

Forte recuperação de volume no Vietnam, Malásia, Japão, Coreia, Singapura, Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, com o alívio das restrições relevantes em alguns países.

Os volumes da Tailândia permanecem abaixo face ao período homólogo do ano passado, principalmente impactados pela redução na indústria automóvel.

Volumes de Bangladesh são afetados pelo encerramento de fronteiras na Índia.

O espaço aéreo de Myanmar é restrito, mas os camiões podem atravessar a fronteira.

As autoridades da Índia ajustaram as restrições nos estados através das zonas vermelha, amarela e verde para calibrar a extensão e a aplicação das medidas. A Índia espera retornar a 80% da produção dentro de em algumas semanas (consulte o site da Índia para obter informações detalhadas, via download).


Forte recuperação de volume no Vietnã, Malásia, Tailândia, Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, com a redução de restrições relevantes em alguns países.

As autoridades do Vietname anunciaram planos para diminuir as restrições, enquanto as autoridades de Singapura estenderam as restrições até 1º de junho. Continuamos a monitorizar as respetivas situações e aconselhamos adequadamente.

A Nova Zelândia planeia reduzir os níveis de restrição do Nível 4 para o Nível 3 na CW 18 (27 de abril). As autoridades da Índia estão a ajustar as restrições do estado nas zonas vermelha, amarela e verde para avaliar o escopo e a aplicação das medidas (consulte o site da Índia para obter informações detalhadas por download). Hong Kong anunciou uma extensão das restrições por mais 14 dias.

(17 de abril de 2020) - A China voltou ao normal, com Wuhan reaberto a 8 de abril.

Japão, Coreia, Singapura, Austrália, Nova Zelândia Transporte Terrestre ainda estão em operação em níveis adequados, embora com restrições e atrasos esperados.

Vietname, Tailândia, Malásia, Indonésia e Filipinas operam abaixo dos níveis pré-COVID-19.

Para a Índia, o transporte terrestre está a funcionar com capacidade de 20 a 25% (entre FTL, LTL e FCL). Esperamos atrasos de 10 a 20% no tempo de trânsito devido a documentação e vários bloqueios. A DB Schenker India pode providenciar serviços de escolta de segurança onde for necessário para mover a carga essencial, reduzir bloqueios nas estradas e facilitar o tempo de trânsito. Entre em contato com os gestores de conta para obter mais detalhes.

  • Médio Oriente / África

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status operacional do comunicado anterior.

(23 de junho de 2020) - A partir de 1º de junho, o bloqueio na África do Sul foi reduzido para o nível 3. Isso aumentará a capacidade da DB Schenker para operações locais. Para mais informações, entre em contato com o gerente da sua conta.


(26 de maio de 2020) - A fronteira terrestre internacional do GCC que conecta a Arábia Saudita a outros países foi aberta para o transporte terrestre / movimentação de cargas terrestres com operações limitadas.

(12 de maio de 2020) - O bloqueio na África do Sul será facilitado a partir de 1º de maio em fases. Isso aumentará a capacidade da DB Schenker para operações locais. Para mais informações, entre em contato com o gerente da sua conta.

(5 de maio de 2020) - Para a distribuição terrestre, a Arábia Saudita restringiu a entrada de camionistas, não sauditas, no país. Esta decisão é limitada à carga geral e não se aplica à movimentação de mercadorias essenciais ou produtos limitados.

(06 de abril de 2020) - O primeiro-ministro do Egito impôs um toque de recolher a partir de 25 de março. Não serão permitidos camiões nas principais estradas durante o horário definido (19:00 - 18:00 diariamente). A DB Schenker no Egito possui um plano de continuidade de negócios adequado para aderir a estas restrições. Entre em contacto com o seu gestor de conta para saber mais informações.

(06 de abril de 2020) - Bloqueio completo na África do Sul por 21 dias, com efeitos a partir de 27 de março. As operações de alimentos, medicamentos e produtos críticos continuarão. A DB Schenker na África do Sul é um fornecedor de serviços de logística certificado como serviços essenciais e estará a operar durante o bloqueio.

(06 de abril de 2020) - A distribuição por transporte terrestre para os países do GCC e Levant (via Arábia Saudita) foi suspensa para carga geral. Os produtos excecionais a esta regra são itens alimentares, itens médicos, itens militares / de socorro / ajuda.

  • Américas            

(23 de junho de 2020)

México: 100% operacional com menos capacidade de expedição pontual da fronteira até ao destino final (envios para o norte).

Canadá: com grandes volumes na semana passada, tendo por isso adicionado uma rota adicional. Temos turnos segregados para evitar a sobreposição e estamos a implementar o distanciamento social.

EUA: experimentou um aumento significativo nos envios de camiões.

Brasil: aumento significativo nos envios (306 na semana passada, em comparação com 221 na semana anterior).

  • Global

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status operacional do comunicado anterior.

O mercado de frete aéreo permanece muito volátil na atual pandemia de COVID19, com escassez de capacidade em todas as regiões. Como a demanda do mercado está a diminuir devido à menor demanda de EPI na China, também há um declínio nos voos de carga de passageiros nas últimas semanas. A capacidade global geral permanece curta, com média de cerca de -26% em relação ao ano anterior. Prevê-se também que a situação da capacidade seja impactada pelas verificações de manutenção da frota de carga aérea nos próximos meses, levando a uma escassez restante no suprimento global. Um dos principais fatores do mercado que permanece imprevisível para os meses restantes em 2020 é o possível retorno de voos internacionais de passageiros e a capacidade relacionada. Isso, além do comportamento do consumidor de curto e médio prazo e do gerenciamento de inventário no segundo semestre de 2020, impactará fortemente no desenvolvimento da demanda no mercado de frete aéreo.

Além disto, o nosso cronograma de voos charter de console permanece em vigor para suportar a sua demanda e remessas críticas, garantindo que fornecemos soluções alternativas:

O nosso cronograma de voos charter de console agora inclui as seguintes operações de voo:

➢ Europa - China - Europa: 3 voos por semana (B747-400F)

➢ Hong Kong - Europa: 2 voos por semana (B747-400F)

➢ China - EUA: 3 voos por semana (B747-400F)

➢ Europa - EUA - Europa: 3 voos por semana (MD11F e B747-400F)

➢ EUA - Austrália: 1 voo por semana (B777F)

➢ Europa - Índia - Europa: 1 voo por semana (B747-400F)

  • Europa

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

(09 de junho de 2020) - Todos os escritórios permanecem em pleno funcionamento com acesso ao handling de terminais e transporte terrestre. Todos os nossos hubs europeus entregam importação e recebem frete de exportação sem atrasos registados no fim de semana. Operacionalmente, os nossos hinehauls de e para os hubs permanecem pontuais. Em algumas áreas, os nossos camiões transfronteiriços podem sofrer pequenos atrasos.

Os volumes do mercado de frete aéreo são um pouco menores devido à Páscoa, mas as importações ainda são muito estáveis em um nível alto. As importações da China ficam muito fortes em elevações contínuas de todos os tempos, devido à forte demanda contínua de abastecimento médicos, equipamentos de proteção e máscaras faciais que a DB Schenker continua a apoiar com a máxima prioridade.

  •  Ásia-Pacífico

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

Chennai, na Índia, restabeleceu o bloqueio até o final de junho. As nossas operações aéreas permanecem disponíveis para dar resposta às necessidades do cliente. São esperados atrasos no despacho aduaneiro e no transporte, pois o bloqueio afeta a disponibilidade de mão de obra nos estabelecimentos do governo estatal e central, incluindo portos, aeroportos, etc. Alternativas para movimentar / transportar carga por outros gateways / rotas estão a ser estabelecidas. Os clientes podem entrar em contato com os respectivos representantes da DB Schenker para obter suporte ou soluções, se necessário.

Da mesma forma, o bloqueio em Pequim, na China, não tem atualmente impacto significativo nas nossas operações. Continuamos a monitorizar as situações na nossa rede.


(02 de junho de 2020) - Os países da APAC estão se abrindo lentamente, com a maioria dos países de volta permitindo atividades de fabricação. A retirada é esperada nas próximas semanas.

(19 de maio de 2020) - O congestionamento na Grande China continua, embora a melhorar gradualmente. As companhias aéreas do Vietnã começam a voar internacionalmente a partir de 1º de junho. Algumas operadoras nacionais no sudeste da Ásia estão a enfrentar dificuldades financeiras, com possível resgate pelo respetivo governo. A capacidade deverá permanecer volátil.

(05 de maio de 2020) -

➢ Mais países estão diminuindo suas restrições, permitindo o reinício de certas indústrias, o que aumentará a demanda de exportação para esses países.

➢ Nas cartas da Índia, os planos estão em vigor e cronometrados para quando o mercado abrir. Agora, Schenker também é capaz de apoiar caminhões transfronteiriços na Índia.

➢ A demanda por ex-China continua devido a EPIs e outras cargas em geral. Backlog em todos os aeroportos da China, exigindo pelo menos 48 horas de antecedência para licitação de carga.

➢ O comércio transpacífico da China é atualmente a faixa comercial mais restrita. Isso se deve a uma alta demanda de EPI da China para os EUA. Voos adicionais de passageiros estão fornecendo a capacidade necessária urgentemente de equipamentos médicos. Qualquer disponibilidade para voos ou capacidade adicionais é altamente limitada nas próximas duas semanas.

A partir de 24 de abril, um novo programa de voo charter está a ser finalizado para atender à alta demanda por equipamentos de proteção individual urgentemente necessários (por exemplo, máscaras) através de uma operação diária de voo entre Xangai, China e Europa. Esta solução diária apoiará imediatamente o transporte de abastecimentos médicos urgentemente necessários para todos os destinos europeus. Caso sejam necessários mais detalhes, entre em contacto com o gestor da conta ou com a equipa local da Schenker.

(17 de abril de 2020) - A demanda ainda é forte, especialmente para apoiar produtos médicos / EPI, principalmente para rotas de longo curso fora da China.

Colocámos em prática programas adicionais de charter para abril e maio de 2020. Entre em contacto com os gestores de conta para obter mais detalhes.

(14 de abril de 2020) - A exigência por capacidade permanece alta, especialmente para destinos de longo curso e na Índia.

A DB Schenker continua a receber pedidos de soluções charter a nível global, incluindo faixas intra-APAC.

As transportadoras americanas também foram informadas para dar prioridade à carga para fins de transporte de suprimentos médicos dentro / fora dos EUA. Dispositivos médicos, incluindo máscaras, não podem ser exportados dos EUA.

A China implementou também na semana passada, com efeito imediato, que todos os suprimentos médicos, incluindo máscaras para exportação, precisam de passar pelo CIQ com as devidas documentações.

(06 de abril de 2020) - Um número crescente de países na Ásia está a implementar bloqueios (ou a ampliar os existentes) nos seus respetivos países, causando mais restrições e limitações na fabricação e circulação de mercadorias.

Enquanto algumas companhias aéreas injetaram capacidade de voos de Pax no mercado, estes ainda são insuficientes para atender à procura do mercado.

Os pedidos de charter continuam altos, com forte procura também para fins de abastecimento médico, EPI etc., que a DB Schenker continua a apoiar.

Para a Índia, as operações de frete aéreo permanecem acessíveis para atividades de importação e exportação, incluindo desalfandegamento aduaneiro. No entanto, a capacidade permanece restrita a menos de 30%. Implementámos programas de charter planeados para abril de 2020. Entre em contacto com os gestores de conta para obter mais detalhes.

O congestionamento nos aeroportos continua a ser uma preocupação devido a possíveis danos e dificuldades na localização da carga devido à utilização da capacidade acima de 100%. Recomendamos que os clientes movimentem a carga para o armazém de trânsito ou solicitem que o armazém na fábrica (sempre que possível) seja aberto para aceitar carga. Continuaremos a verificar atrasos de até 1 a 2 dias na liberação e transporte entre remessas de importação e exportação aéreas.

  • Médio Oriente / África

(23 de junho de 2020) - A Etihad Cargo agregou 22 voos semanais e cinco novos destinos na Europa, Ásia, América e Médio Oriente. Entre em contacto com a empresa para obter mais informações.

No geral, as nossas operações de carga aérea nos países permanecem ininterruptas, à medida que continuamos a atender os clientes e a gerir a procura atual com capacidade de carga disponível. Em muitos países, a logística e as cadeias de abastecimento são consideradas críticas para os negócios. Portanto, os nossos serviços não cessam durante os bloqueios.

(28 de abril de 2020) - As restrições de capacidade permanecem à medida que os serviços de passageiros continuam a ser suspensos em muitos outros países da MEA. A DB Schenker na região pode gerir a demanda atual com capacidade de carga disponível. Observe que as companhias aéreas retiraram as taxas do contrato até que a situação volte ao normal.

No geral, as nossas operações de frete aéreo nos países permanecem ininterruptas à medida que continuamos a servir os clientes. Em muitos países, a logística e as cadeias de suprimentos são consideradas críticas para os negócios. Portanto, os nossos serviços não cessam durante os bloqueios.

Situação

País

Sem restrições operacionais para negócios de carga aérea

Qatar, Quénia, Omã, África do Sul, Bahrain, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito

Restrições operacionais para negócios de carga aérea

-


21 de abril de 2020) - À medida que o governo saudita estende a suspensão dos serviços de passageiros no país, a Saudi Arabian Airlines e a Saudia Cargo iniciam, em conjunto, voos semanais de passageiros apenas com carga para apoiar a demanda de frete aéreo do país. Para saber mais sobre as rotas, entre em contacto com o seu gestor de contas.

(14 de abril de 2020) - A partir de 6 de abril, a Emirates Airlines iniciará o serviço de saída de passageiros dos Emirados Árabes Unidos em rotas selecionadas. Os voos iniciais terão início de Dubai para Londres Heathrow, Frankfurt, Paris, Zurique e Bruxelas, com quatro voos por semana para Londres Heathrow e três voos por semana para as outras cidades. A companhia aérea também transportará carga de porão em ambas direções.

(06 de abril de 2020) - Embora a capacidade de porão continue a diminuir à medida que os serviços de passageiros permanecem suspensos para muitos países da MEA, a DB Schenker na região é capaz de gerir a procura atual com capacidade de carga disponível. No entanto, as companhias aéreas retiraram as taxas do contrato até que a situação volte ao normal.

(06 de abril de 2020) - Além dos aviões de carga de entrada / saída, as companhias aéreas estão agora a introduzir voos de carga e passageiros para apoiar a procura atual do mercado. Entre em contacto com o gestor da conta para obter mais detalhes.

Em geral, as nossas operações de frete aéreo nos países permanecem ininterruptas, pois continuamos a atender os clientes. Em muitos países, a logística e as cadeias de distribuição são consideradas críticas para os negócios. Portanto, os nossos serviços não cessam durante os bloqueios.

Situação

País

Sem restrições operacionais para negócios de carga aérea

Qatar, Quénia, Omã, África do Sul, Bahrain, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito

Restrições operacionais para negócios de carga aérea

-

  • Américas

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

EUA-China.

– Com o grande número de voos de entrada, regulares e fretados, as exportações dos EUA têm capacidade suficiente para atender às demandas.

– Os níveis de taxa caíram, mas permanecem acima dos níveis anteriores ao COVID-19. Não há pedidos em atraso dos EUA para a China.

➢ EUA para a Ásia (excluindo China).

– Austrália, Índia, Japão, Coreia, Singapura e Tailândia, Singapura com capacidade reduzida com alguns pedidos em atraso. Preços de mercado moderados em relação às máximas anteriores, mas ainda bem acima dos níveis anteriores ao COVID-19.

➢ EUA-Europa:

– A demanda é moderada, com capacidade suficiente para evitar atrasos. Os preços caíram, mas, à medida que os países começam a reabrir, possibilidades de renovadas pressões de aumento nos preços.

– A DB Schenker está fazendo pleno uso de suas próprias operações de voo de cargueiro: 3 x semanas ex ORD e ATL para FRA.

➢ EUA - América Latina / América Latina para Europa e Apac

– A demanda por capacidade de carga disponível permanece forte, com pouco espaço para alguns destinos. O Peru desenvolveu especificamente problemas graves de capacidade. Tendência de preços mais alta para alguns mercados.

– Dois principais cargueiros da região declararam falência no capítulo 11 (reorganização). Os serviços continuam, mas com algumas interrupções / atrasos no agendamento de voos.

  • Global

(23 de junho de 2020) – Nos últimos meses, mais de 500 viagens foram canceladas, serviços suspensos ou agregados. Durante este período, quase todos os intercâmbios diminuíram em dois dígitos. Isto afeta todas as indústrias verticais, exceto os produtos perecíveis. Até o final do ano, a Seabury espera que o comércio mundial de containers seja reduzido em 22 milhões de Teu, comparativamente a 2019. A situação atual e as perspetivas para os próximas quatro a seis semanas parecem fortes para as rotas principais, ou seja, Ásia-Europa, Ásia-Noram, Europa-Extremo Oriente e Europa-América do Norte. As transportadoras estão a esforçar-se para obter medidas de melhoria de rendimento e consequentemente selecionam cargas. Volumes com preços baixos não obterão espaço fora da Ásia. As transportadoras individuais já criaram um grupo de rolos significativo. Para lidar com o forte desequilíbrio de pouca oferta versus a procura de volumes de mercadorias / madeira ex Europa (para destino Ásia), algumas transportadoras começaram a encaminhar esta mercadoria para oeste, através do México.

Blank sailings / programas de suspensão / fusões de serviços / laços de serviços combinados continuam a ser a ferramenta para impulsionar a oferta e a procura e continuarão durante todo o terceiro trimestre. Cerca de 75 blank sailings em branco já foram anunciadas para este período.

No caso de julho se desenvolver lentamente, as transportadoras não evitarão maiores reduções de capacidade e anularão saídas.

Com todas as partes interessadas na cadeia de abastecimento, a imprevisibilidade e as constantes mudanças das últimas semanas sublinharam a necessidade de permanecer flexível e poder adaptar-se a qualquer momento. Não é surpresa que as transportadoras anunciam que a aceitação de reserva não excederá seis semanas devido a possíveis alterações futuras.

Espere que a situação em todas as operações esteja sujeita a alterações contínuas.

Com retiradas maciças de embarcações, perspectivas incertas sobre as utilizações de embarcações e impactos parcialmente enormes nos terminais portuários, precisamos nos preparar para alterar os horários e os tempos de trânsito (devido a vapores lentos, omissões de portos ou inclusões portuárias adicionais como resultado de fusões de serviços), repentino / atrasos inesperados na elevação, gargalos aumentados na disponibilidade de equipamentos, partidas menos frequentes e sobretaxas repentinas, possivelmente resultando em custos mais altos para a cadeia de suprimentos.

Nossos especialistas em Ocean apoiarão e orientarão

➢ SchenkerOcean o produto prioritário em todas as operações principais, o que garante o carregamento numa janela fixa.

➢ Várias opções de atraso da SchenkerOcean nas opções de trânsito (a. Parada de carga no porto de / s, b. Uso de armazéns próprios ou contratados e armazenamento de mercadorias em conformidade), isto reduz o custo real nos portos (armazenamento dispendioso) e ajuda os portos a evitar o congestionamento e, portanto, garante movimentos no cais sem tempo de espera para os camionistas.

➢ SchenkerOcean oferece a possibilidade de “barco lento - barco rápido” se o atraso no trânsito não for uma opção (por exemplo, com travessias em torno do Cabo da Boa Esperança)

➢ A SchenkerOcean oferece possibilidades alternativas de roteamento para garantir que a carga seja levantada do porto de carregamento.

➢ Forecast Previsão de volume e planeamento de alocação: Temos acesso a volumes em todas as alianças e suportamos o planeamento de volumes através de serviços de consultoria (correspondência de alocação com base na previsão do cliente). (Em andamento: previsão de volume por vertical.)

Novo: Serviços de equipamentos de proteção individual ex China Europe

  • Europa

(23 de junho de 2020) – Nos negócios para o Ocidente, a utilização para a América do Norte aumentou para mais de 90%, no entanto, os destinos da América Latina estão em declínio. Espera-se que as transportadoras adotem ações adicionais para reduzir a capacidade.

(02 de junho de 2020) - Nas exportações da Europa para o Oriente, as transportadoras ainda relatam fortes situações de reserva, com déficits limitados. Essa situação provavelmente continuará até meados de maio. Espera-se que o atual PSS introduzido por muitas operadoras durante o primeiro trimestre permaneça em vigor ao longo de maio. Especialmente os volumes de commodities ainda estão fortes (toras, produtos químicos). A disponibilidade do equipamento se torna uma preocupação maior devido a uma redução de 25 a 40% nos fluxos de entrada, mais o uso mais esperado do equipamento.

Nos negócios para o Ocidente, a utilização é geralmente bastante fraca (tanto para Noram quanto para Latam); não é surpresa que as transportadoras ajam com reduções, causando uma queda maciça na tonelagem.

Todas as filiais européias de frete marítimo estão funcionando plenamente operacionalmente.

  • Ásia-Pacífico

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

Chennai, na Índia, restabeleceu o bloqueio até o final de junho. As nossas operações oceânicas permanecem disponíveis para atender as necessidades dos clientes. São esperados atrasos no despacho aduaneiro e no transporte, pois o bloqueio afeta a disponibilidade da mão de obra nos estabelecimentos do governo estatal e central, incluindo portos, aeroportos, etc. Alternativas para movimentar / transportar carga por outros gateways / rotas estão a ser estabelecidas. Os clientes podem entrar em contato com os respectivos representantes da DB Schenker para obter assistência ou soluções, se necessário.

Da mesma forma, o bloqueio em Pequim na China não tem impacto significativo nas nossas operações, de momento. Continuamos a monitorar as situações em nossa rede.

Ex China, o Ocean Freight está a estabilizar-se e as viagens em branco são reduzidas, mas ainda impactam significativamente todos os negócios. Embora a demanda para o Oriente Médio seja extremamente fraca, algumas tendências de alta lentas podem ser monitorizadas em negociações para o ISC e a Oceania. Um aumento na demanda por serviços oceânicos expressos no transpacífico pode ser monitorado.

(05 de maio de 2020) – No TP para NORAM: alta utilização de embarcações com 95-98% para a costa oeste dos EUA e a costa leste, espaço apertado e cenário de capotagem nas próximas 2 semanas em loops específicos, a capacidade cai até 40%. Os anúncios de operadoras para PSS ou GRI em 1º e 15 de maio não devem ser divulgados. Imagem semelhante à Europa: várias operadoras anunciaram a GRI para maio, mas não esperamos que isso se materialize. As perspetivas para maio continuam sombrias em termos de taxas e volume. Esperamos que mais embarques em branco sejam anunciados para maio para lidar com a baixa demanda e manter as taxas no nível atual. Alta utilização com rollover em certos loops "populares" para continuar em maio. A Ásia para a América Latina continua com quedas de capacidade de até 40% para melhorar as utilizações e, consequentemente, estabilizar as taxas. Finalmente, a APAC para MEA constata que as transportadoras tentam manter alta a utilização da embarcação, reduzindo as taxas no final de abril e implementando um programa de navegação em branco, ou seja, para ME cerca de 37% e para África cerca de 33%

A forte tendência para a Oceania continua: os navios deixam o Norte da Ásia em 120% e 80% ex SEA - o que significa que o espaço permanece pequeno devido ao downsizing de serviços de e para o subcontinente indiano, o espaço permanece especialmente pequeno e consiste em rolar em t / s próximas 2-4 semanas; grandes atrasos na chegada da Índia estão em andamento. Os navios ainda utilizam cerca de 90% de utilização nas importações, 95% nas exportações. Problemas contínuos com a disponibilidade do equipamento relatados pela origem e pelas transportadoras. O desafio da disponibilidade de plugues frigoríficos persiste, pois os importadores não estão a recolher carga. As operadoras reagiram imediatamente a isto introduzindo sobretaxas de congestionamento. As transportadoras continuam a reservar-se ao direito de descarregar caixas em portos de transporte próximos até que um transporte e armazenamento tranquilos possam ser concedidos.

Os portos da Índia estão a enfrentar mais congestionamentos, mas, como o governo está a relaxar as regulamentações de transporte, existe a expectativa de que a situação melhore nos próximos dias.

Para todos os países da APAC, os clientes são incentivados a usar as notas de transporte marítimo para evitar a dependência do conhecimento de embarque original, pois as empresas de courier podem não entregar pontualmente nas próximas semanas e a maioria das empresas, incluindo a DB Schenker, trabalha com o trabalho em casa com base em preocupações com a saúde e regulamentos governamentais rigorosos.

(28 de abril de 2020) - Geralmente, nos negócios da APAC, observamos uma pequena corrida antes da Semana Dourada (de 1º de maio a 5 de maio de 2020) refletida em elevações ligeiramente mais altas para a semana 18 versus a semana 17: no TP para NORAM: alta utilização de embarcações com 95-98% para a costa oeste dos EUA e a costa leste, espaço apertado e cenário de capotamento nas próximas 2 semanas em loops específicos, a capacidade cai até 40%. Os anúncios de operadoras para PSS ou GRI em 1º e 15 de maio não devem ser divulgados. Imagem semelhante à Europa: várias operadoras anunciaram a GRI para maio, mas não esperamos que isso se materialize. As perspetivas para maio continuam sombrias em termos de taxas e volume. Esperamos que mais embarques em branco sejam anunciados para maio para lidar com a baixa demanda e manter as taxas no nível atual. Alta utilização com rollover em certos loops "populares" para continuar em maio. A Ásia para a América Latina continua com quedas de capacidade de até 40% para melhorar as utilizações e, consequentemente, estabilizar as taxas. Finalmente, a APAC para MEA constata que as transportadoras tentam manter alta a utilização da embarcação, reduzindo as taxas no final de abril e implementando um programa de navegação em branco, ou seja, para ME cerca de 37% e para África cerca de 33%

(21 de abril de 2020) –A forte tendência para a Oceania continua: os navios deixam o norte da Ásia em 120% e 80% ex-SEA, o que significa que o espaço permanece pequeno e espera-se que seja crítico para a região. Abril devido à redução de serviço (capacidade da próxima semana) caiu 20%, esta semana 7%)

De e para o subcontinente indiano, o espaço ainda é particularmente pequeno e consiste em filmar em t / s portos pelas próximas 2-4 semanas; existem longos atrasos na chegada à Índia. Os navios ainda usam cerca de 90% de utilização nas importações, 95% nas exportações. Problemas contínuos com a disponibilidade do equipamento relatados pela origem e pelos operadores. A capacidade total caiu nesta semana em 14%.

(17 de abril de 2020) - Semelhante à China há algumas semanas e mencionado para as Filipinas na semana passada, também o porto de Chittagong relatou problemas para lidar com a disponibilidade insuficiente de plugues frigoríficos, já que os importadores não estão a transportar as mercadorias. As operadoras reagiram imediatamente, introduzindo sobretaxas de congestionamento.

Ao mesmo tempo, as transportadoras reservam-se ao direito de descarregar caixas em portos de transporte próximos até que um transporte e armazenamento tranquilos possam ser concedidos.

(09 de abril de 2020) - Os portos da Índia estão a enfrentar mais congestionamentos, mas, como o governo está a relaxar as regulamentações de transporte, existe a expectativa de que a situação melhore nos próximos dias.

O Japão anunciou um estado de emergência. As empresas portuárias e de transporte continuarão a operar devido a serem classificadas como indústria essencial.

Para todos os países da APAC, os clientes são incentivados a usar as seawaybills para evitar a dependência de B/Ls originais, pois as empresas de transporte podem não entregar pontualmente nas próximas semanas e a maioria das empresas, incluindo a Schenker, está a operar cada vez mais, a trabalhar a partir de casa, com base em preocupações de saúde e regulamentos governamentais rigorosos.

As Filipinas estenderam o bloqueio e continuamos a desencorajar o uso do Porto Norte de Manila devido a congestionamentos graves. Além disso, os atrasos no desalfandegamento continuam.

  • Médio Oriente / África

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

(23 de junho de 2020) – Os nossos escritórios de carga marítima nos países continuam a servir os clientes, pois a logística e as cadeias de abastecimento são consideradas críticas para os negócios, conforme as diretrizes do governo local.

(26 de maio de 2020) - A utilização do navio agora está entre 95% e 100%. A participação de travessias em branco reduziu para menos de 30% no Oriente Médio e menos de 20% na África.

Nossos escritórios de frete marítimo nos países continuam a atender os clientes, pois a logística e as cadeias de suprimentos são consideradas críticas para os negócios conforme as diretrizes do governo local

(13 de maio de 2020) - Mais de 90% de utilização de embarcações ex MEA. A participação de travessias em branco reduziu para pouco mais de 20% no Oriente Médio e na África.

Os nossos escritórios de frete marítimo nos países continuam a servir os clientes, pois a logística e as cadeias de suprimentos são consideradas críticas para os negócios conforme as diretrizes do governo local. Além disto, estamos a monitorizar de perto a situação no início da temporada do Ramadão.

(5 de maio de 2020) -

As travessias em branco intra-MEA são efetivas. O mês do Ramadã começou com redução do horário de trabalho em toda a região: expectativa de redução da demanda nas próximas 3 semanas.

(28 de abril de 2020) - As travessias em branco intra-MEA são efetivas. O mês do Ramadão começou com redução do horário de trabalho em toda a região: expectativa de redução da demanda nas próximas 3 semanas.

(21 de abril de 2020) - Blank sailings no GCC devido ao bloqueio da Índia e à pouca procura. Para minimizar o impacto na cadeia de distribuição dos nossos clientes e fornecer previsibilidade, a equipa de frete marítimo da região está equipada com um plano de serviço e rotas alternativas. Entre em contacto com seu gestor de conta para obter mais informações.

(21 de abril de 2020) - 95-100% de utilização de navios fora da Ásia para o MEA devido à corrida pré-Ramadão. Além disso, observa-se uma forte utilização da América do Norte na MEA.

(06 de abril de 2020) - A utilização de 100% da embarcação ex MEA, especialmente na UE e na América do Norte, levou ao aumento das taxas, à aplicação de PSS e à escassez de equipamentos em todos os portos: especialmente Omã está preocupado, bem como o fornecimento de 20' nos Emirados Árabes Unidos. É dada prioridade aos perecíveis. Todas as operações portuárias estão a funcionar bem. Os nossos escritórios de frete marítimo nos países continuam a atender os clientes, pois a logística e as cadeias de abastecimento são consideradas críticas para os negócios conforme as diretrizes do governo local. Além disso, estamos a monitorizar de perto a situação, já que a temporada do Ramadão está a chegar.

(06/04 2020) - Como alternativa para frete aéreo e transporte terrestre no GCC, a DB Schenker está a oferecer consolidações semanais de carga menor que o contentor (LCL) a partir do porto de Jebel Ali (AE JEA) para Abu Dhabi, Bahrain, Kuwait, Omã, Paquistão, Qatar e Arábia Saudita.

  • América

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

(2 de junho de 2020) - As transportadoras marítimas estão continuamente a implementar grandes travessias em branco. As atuais travessias em branco anunciadas vão durar até o mês de junho. Atualmente, observa-se a falta de alguns equipamentos nas origens dos EUA.

(23 de abril de 2020) - Pressão contínua sobre CL / AR / BR em relação ao déficit de reefers e recipientes de qualidade alimentar; Utilização de 100% dos navios devido ao carregamento de carga de frutas secas até o início de maio, no entanto, a WCSA está a diminuir enquanto a ECSA permanece forte. Esperamos uma grave escassez de equipamentos, em meados de maio, como resultado de cruzeiros em branco importados. A extensão do tempo livre será limitada, a produtividade dos caminhões poderá ser afetada pelos toques de recolher. Não foram observadas restrições nas operações de navios em toda a região.

As transportadoras começaram a contornar a cidade portuária abalada pelo COVID-19 Guayaquil / Equador e, em vez disso, seguiram para Posorja.

(14 de abril de 2020) - As transportadoras começaram a omitir a cidade portuária abalada COVID-19, Guayaquil / Equador, e telefonam para Posorja.

(14 de abril de 2020) - As transportadoras anunciaram massivas travessias em branco e suspensão de serviço para o segundo trimestre.

As reservas para a semana 16-17 diminuíram. As utilizações gerais dos navios ainda são consideradas satisfatórias.

GRI e PSS anunciados para 15 de abril e 1º de maio; alta realização improvável.

Devido à entrada de remessas de TPEB, a escassez pode melhorar em áreas-chave. Exemplo: Chicago pode começar a retomar um cenário equilibrado.

Nos EUA, a redução do horário de operação nos portos e terminais ferroviários, bem como a falta de pessoal levará a atrasos.

Foram anunciadas viagens em branco nas semanas 17 e 18, bem como o fecho de terminais.

Para remessas da América Latina, observamos uma pressão contínua em CL / AR / BR em relação ao déficit de utilização de 100% da embarcação por reefers e Food Grade Containers devido à corrida de carga de frutas secas até o início de maio. WCSA desacelerando enquanto ECSA permanece forte.

  • Global

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

Continuamos a antecipar previsões e a procura com os nossos clientes:

➢ Caso também precise de espaço temporal, entre em contato com o Account Manager da DB Schenker ou com a pessoa de contato local; encontre mais informações aqui!

As restrições globais estão a suavizar-se ainda mais com as exceções regionais, com mais e mais locais a voltar ao desempenho total, à medida que surgem volumes maiores. Não há nenhuma alteração na priorização da proteção da nossa equipa e na manutenção do funcionamento dos negócios dos nossos clientes. Os BCP‘s estão implementados e são monitorados em todo o mundo com diretrizes e medidas preventivas específicas, como por exemplo o distanciamento social, controlo de temperatura ou a colocação de estações de higienização.

  • Europa

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior. Atualmente, todos os locais das nossas operações na Europa permanecem totalmente operacionais com medidas de precaução em vigor para a saúde dos trabalhadores.

  • Ásia-Pacífico

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

Chennai, na Índia, restabeleceu o bloqueio até o final de junho. As nossas operações de CL permanecem disponíveis para dar resposta às necessidades do cliente. São esperados atrasos no despacho aduaneiro e no transporte, pois o bloqueio afeta a disponibilidade da mão de obra nos estabelecimentos do governo estatal e central, incluindo portos, aeroportos, etc. Alternativas para movimentar / transportar carga por outros gateways / rotas estão a ser estabelecidas. Os clientes podem entrar em contato com os respectivos representantes da DB Schenker para obter assistência ou soluções, se necessário.

Da mesma forma, o bloqueio em Pequim na China não tem impacto significativo nas nossas operações, de momento. Continuamos a monitorar as situações na nossa rede.

A Nova Zelândia voltou à normalidade, livre de COVID-19. A Austrália continua a diminuir as restrições (exceto o estado de Victoria).

A Malásia alargou o CMCO (Controlo Condicional de Movimento) até 31 de agosto. Todas as operações do armazém estão novamente online, embora algumas com recursos limitados e com SOP rigoroso de higiene.

O Vietnam está praticamente de volta ao normal. A Indonésia também está a diminuir algumas restrições, ainda que os casos tenham aumentado. A situação na Indonésia será monitorada de perto.

O governo de Myanmar iniciou a ordem de paragem do trabalho nas fábricas (e outras) operações até a aprovação da sua reabertura.

As autoridades da Índia ajustaram as restrições nos estados pelas zonas vermelha, amarela e verde para calibrar a extensão e a aplicação das medidas (consulte o site da Índia para obter informações detalhadas, via download).

Com diferentes países em diferentes situações, mesmo ao nível regional, estamos a monitorar de perto todos os nossos mercados e, quando apropriado, também tomaremos medidas preventivas no planeamento da recuperação e retoma de forma incremental ou em fases.

Ainda que as restrições impostas pelo governo em todos os países da APAC continuem, os nossos níveis de serviço são mantidos até o momento para atender os nossos clientes.

  • Médio Oriente / África

(23 de junho de 2020) - Não há atualizações significativas no status do comunicado anterior.

(23 de junho de 2020) - A partir de 1 de junho, o bloqueio na África do Sul foi reduzido para o nível 3. Isto aumentará a capacidade da DB Schenker para as operações locais. Para mais informações, entre em contato com seu gestor de contas.

  • Américas

(23 de junho de 2020)

➢ Todos os sites da CL America estão abertos e operam sem limitações, seguindo os regulamentos e diretrizes do governo de cada país e estado.

  • Projetos Globais & Soluções Industriais

(23 de junho de 2020)

(23 de junho de 2020) - A capacidade de carga a granel, carga fora de calibre, mas também alguns tipos de carga que normalmente são transportados em containers, ainda estão disponíveis no segmento de mercado de envio de carga a granel. A DB Schenker mantém contacto regular com todos os principais operadores de embarcações polivalentes (MPP). Podem ser oferecidos serviços completos de logística (incluindo a carga parcial e completa) e as reservas podem ser feitas de acordo com as solicitações do cliente. Alguns atrasos operacionais são esperados e bloqueios e restrições implementados. Além disso, existem medidas de quarentena para vários portos, com impacto no prazo e nos custos de entrega.

As nossas equipas dedicadas de Projetos Globais e Soluções Industriais em todo o mundo estão totalmente operacionais e ajudam os clientes no desenvolvimento de soluções de transporte personalizadas para todos os envios a granel ou fora do calibre, ou qualquer outro envio de projetos independentes de mercados ou rotas comerciais.

  • Feiras, Eventos e Logística Especial

(23 de junho de 2020) As perspectivas na indústria global de exposições estão melhorando. Cada vez mais países estão proibindo a organização de feiras e todos os principais organizadores de exposições estão se preparando para o setor recomeçar. Estamos em contato próximo com os principais organizadores e associações de exposições do mundo todo e continuamos a acompanhar de perto todos os desenvolvimentos.

Nosso Centro de Serviços para Feiras e Eventos Globais está atualizado e disponível para responder a todas as suas perguntas e ajudá-lo em todas as situações com soluções personalizadas.

Por favor entre em contacto com os nossos especialistas através do e-mail servico.cliente.eventos@dbschenker.com.

  • Atualização: Expo2020 Dubai

O governo dos Emirados Árabes Unidos solicitou oficialmente o adiamento da Expo 2020 Dubai para outubro de 2021 devido ao atual surto de COVID-19. A decisão formal será tomada em junho, mas esperamos um adiamento para o próximo ano. Mantê-lo-emos atualizado. A nossa equipa da Expo 2020 em Dubai está pronta para ajudá-lo com todos os desafios logísticos que um adiamento terá. Entre em contato connosco se precisar de algum tipo de conselho ou suporte.

  • Atualização: Eventos Desportivos

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 ocorrerão de 23 de julho a 8 de agosto de 2021. Este adiamento levará a muitas mudanças no calendário desportivo global, com muitas datas de eventos já agendados para mudar.

As nossas equipas de eventos desportivos estão disponíveis globalmente e preparadas para lidar com a nova situação e os seus desafios. Entre em contacto connosco se tiver alguma dúvida sobre transporte com retorno antecipado, armazenamento intermediário ou outros requisitos logísticos relacionados com este adiamento.

  • Atualização organizacional da DB Schenker

A DB Schenker segue de perto a situação do COVID-19. Com as nossas equipas de especialistas locais em quase 140 países, estamos a fazer o possível para fornecer o melhor serviço e informações a cada cliente. Com medidas de precaução estabelecidas, o nosso objetivo é manter a operacionalidade total em todas as operações da DB Schenker. A nossa prioridade é a saúde dos nossos colegas e parceiros. Portanto, seguimos as recomendações de especialistas em saúde, especialmente a OMS, relacionadas, por exemplo, com precauções de higiene.

A próxima atualização será enviada em 23 de junho (ou antes, se houver desenvolvimentos significativos).

Terceiros / clientes não terão nenhum direito sobre o conteúdo dessas informações fornecidas. Nenhuma responsabilidade será transferida para nós em relação ao conteúdo dessas informações.

Atualização organizacional da DB Schenker

A DB Schenker segue de perto a situação do COVID-19. Com as nossas equipas de especialistas locais em quase 140 países, estamos a fazer o possível para fornecer o melhor serviço e informações a cada cliente. Com medidas de precaução estabelecidas, o nosso objetivo é manter a operacionalidade total em todas as operações da DB Schenker. A nossa prioridade é a saúde dos nossos colegas e parceiros. Portanto, seguimos as recomendações de especialistas em saúde, especialmente a OMS, relacionadas, por exemplo, com precauções de higiene.

A próxima atualização será enviada em 20 de maio (ou antes, se houver desenvolvimentos significativos).


Terceiros / clientes não terão nenhum direito sobre o conteúdo dessas informações fornecidas. Nenhuma responsabilidade será transferida para nós em relação ao conteúdo dessas informações.